Sobre mim

Advogado no escritório Montenegro & Gomes Advogados.

Conciliador TJ/PR.


Pós-graduando em Direito Tributário.


www.instagram.com/allanmunhozgomes

Verificações

Allan Munhoz Gomes, Advogado
Allan Munhoz Gomes
OAB 89.249/PR VERIFICADO
O Jusbrasil confirmou que esta OAB é autêntica
PRO
Desde Junho de 2019

Principais áreas de atuação

Direito do Consumidor, 20%
Direito do Trabalho, 20%
Direito Tributário, 20%
Direito Empresarial, 20%
Direito Civil, 20%

Correspondência Jurídica

Serviços que realizo como correspondente jurídico
Recursos
Despachos
Alvarás
Análises
Audiências
Conciliação

Comentários

(9)
Allan Munhoz Gomes, Advogado
Allan Munhoz Gomes
Comentário · ano passado
Boa tarde Rosângela. Primeiramente obrigado pelo questionamento.
Sob meu ponto de vista, acredito que não seja possível que o intervalo intrajornada seja indenizado, pois a regra do artigo
71, caput, da CLT determina que "em trabalho contínuo, cuja jornada exceda 6 (seis) horas, é obrigatória a concessão de intervalo mínimo de 1 (uma) hora". Sendo assim, para que haja a possibilidade de redução deste intervalo mínimo, deverá ser cumprido os requisitos previstos no § 3º do artigo 71, qual seja:
§ 3º O limite mínimo de uma hora para repouso ou refeição poderá ser reduzido por ato do Ministro do Trabalho, Indústria e Comércio, quando ouvido o Serviço de Alimentação de Previdência Social, se verificar que o estabelecimento atende integralmente às exigências concernentes à organização dos refeitórios, e quando os respectivos empregados não estiverem sob regime de trabalho prorrogado a horas suplementares.
Ainda, há a Súmula 437 do TST, que invalida, em seu inciso II, qualquer cláusula de acordo ou convenção coletiva que reduza o intervalo intrajornada.
Assim, acredito que neste caso, seja invalidada cláusula da convenção coletiva que prevê tal supressão e mantenha a condenação do condomínio.

Perfis que segue

(18)
Carregando

Seguidores

(38)
Carregando

Tópicos de interesse

(8)
Carregando
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres
Fale agora com Allan
(44) 3134-...
Ver telefone
Avenida Presidente Epitácio, 1.015 - Astorga (PR) - 86730000

Allan Munhoz Gomes

Avenida Presidente Epitácio, 1.015 - Astorga (PR) - 86730-000

Entrar em contato